Weg (WEGE3) fecha acordo com corporação do governo saudita

Weg (WEGE3) fecha acordo com corporação do governo saudita.

Weg (WEGE3) informou nesta quinta-feira (4) que fechou um acordo para fornecer motores para corporação de dessalinização e centrais elétricas do governo da Arábia Saudita.

A companhia fornecerá 24 motores de média tensão para a estação de bombeamento da Saline Water Conversion Corporation (SWCC), que opera usinas de dessalinização e centrais elétricas. A Weg não informou o valor do contrato.

Os motores da empresa brasileira devem ser instalados nas estações baseadas na cidade de Yanbu, na costa oeste da Arábia Saudita. Eles ajudarão no bombeamento e transporte da água até a famosa cidade de Medina.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O acordo integra a terceira e quarta fase do projeto do sistema de transmissão de água (‘Yanbu to Medinah Water Transmission System’). Criado nos anos de 1980, o projeto foi sendo aprimorado para dar a resposta à construção de unidades de dessalinização na região.

A quarta fase tem como objetivo elevar novamente a capacidade de abastecimento do sistema de transmissão. Estima-se que três novas plantas deverão entrar em funcionamento até o ano de 2023.

O diretor internacional da Weg, Elder Stringari, salientou em nota que o contrato assegura que empresa está pronta para atender ao mercado de água e saneamento em nível global.

Weg sofre os efeitos da crise do novo coronavírus

A fabricante de motores elétricos informou que está sentindo influência negativa em suas operações devido à pandemia do novo coronavírus. No último dia 18 de maio, a Weg comunicou que decidiu reduzir em 25% a jornada de trabalho e os salários de profissionais da Unidade Motores de Jaraguá do Sul e Itajaí.

Saiba mais: Weg (WEGE3) amplia redução de jornada por conta do coronavírus

Além disso, no primeiro trimestre deste ano, a Weg reportou um lucro líquido de R$ 440 milhões. O valor corresponde a uma alta de 43,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Via SUNO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *