Vereador x Lutador: xingamentos e ameaças ao vivo

As desavenças entre o lutador e treinador da Guarda Municipal de Balneário Camboriú Marcelo Brigadeiro e o vereador Nilson Probst-MDB, está longe de serem resolvidas. Nessa quinta-feira (26) as ameaças foram ao vivo na Rádio Menina e TV Mocinha, no programa comandado pelo jornalista Elias Silveira.

Entenda o caso

O lutador e treinador da Guarda Municipal Marcelo Brigadeiro teria usado as redes sociais para defender a honra da guarda. Da tribuna da Câmara, o vereador Nílson Probst-MDB, teria chamado Brigadeiro de psicopata o que deixou indignado, a ponto ele ir pessoalmente para a frente da Câmara ameaçar o vereador ao vivo, pelo Facebook, que pediu escolta da PM.

O apresentador do programa Elias Silveira foi o mediador da entrevista exibida ao vivo. Os dois envolvidos puderam se manifestar e novamente o Brigadeiro ameaçou o vereador.

Logo no início da entrevista Nilson contou que teria recebido e-mails e pedidos de socorro e ajuda, pois guardas estariam sendo obrigados a fazer serviços que não são de sua competência e treinamentos de artes marciais.

Nilson disse que usou a tribuna para defender a honra da guarda que ajudou a fundar, e contou que Brigadeiro é treinador da Guarda e teria ido pra rede social, onde tem muitos seguidores, chamar os guardas de bundões e merdas, chegando a dizer que até seu filho bateria nos guardas.

Nilson defendeu na entrevista que a guarda é preparada e justificou dizendo que os treinamentos foram dados pela Polícia Militar e representantes da justiça, inclusive advogados.

“Ele ainda quer ser candidato a deputado federal” disse Nilson se referindo a Brigadeiro.

O vereador também disse em que já tomou as providências judiciais contra Brigadeiro.

Quando perguntado pelo apresentador para dar sua versão aos fatos, Brigadeiro disse que defendeu sua honra e que Nilson não deveria ocupar nem um lugar na Câmara de Vereadores.

“Ele resolveu citar meu nome em uma sessão sem eu estar presente e me chamar de psicopata” disse Brigadeiro.

O lutador disse que Nilson está acostumado a xingar e ofender todo mundo e depois senta e tomar cafezinho junto.

“Eu não sou político, vou resolver isso do meu jeito; ele comprou uma briga que não tem como vencer. Ele não vai viver escoltado pela polícia, como a cidade é pequena e nós vamos nos esbarrar por aí” emendou o lutador.

Para o vereador Nilson a fala de Brigadeiro já demonstra quem ele é voltou a dizer que o lutador não respeitou a honra da Guarda Municipal.

Nilson encerrou dizendo que “esse é o tom do atual governo, ele presta serviços pro atual governo, é ele que treina a guarda. Seria bom que o prefeito, que já foi vereador, tivesse ouvido pra constatar que um representante seu está proferindo ameaças contra vereador”.

Vamos aguardar para saber quais serão as providências do poder executivo diante dessa situação.

O caso é lamentável sob todos os pontos de vista.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *