Vereador recorre ao Ministério Público em busca de Reforma da Quadra da Escola Mário Garcia

O vereador John Lenon Teodoro (PSDB) esteve novamente visitando a Escola Estadual Professor Mário Garcia, após verificar que nenhuma ação foi realizada, mesmo recebendo no início do ano a informação que as obras seriam realizadas pelo governo estadual, sendo que até a presente data nada foi feito, decidiu ir até a Agência de Desenvolvimento Regional – ADR de Itajaí, para questionar o motivo das reformas não serem realizadas.

“O descaso do Governo do Estado com as escolas de Camboriú não é novidade, e o Colégio Mário Garcia é um grande exemplo disso. Já são quatro anos que os alunos e funcionários esperam por uma solução! Será que é necessária uma tragédia para que algo seja feito?”, questiona o vereador.

Mesmo o governo do Estado anunciando em março deste ano, que seriam investidos mais de 9milhoes em 15 escolas estaduais localizadas em cidades da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Itajaí, o recurso não veio para unidade de Camboriú, sendo remanejado para outras unidades, depois que o Ministério Público de Itajaí obrigou o Estado a reformar às escolas que precisavam de manutenção emergêncial na cidade portuária.

O parlamentar então recorreu nesta sexta-feira (17/08) ao Ministério Público de Camboriú, munido de todos os Laudos Técnicos que condenaram a edificação e a interdição. Ele ainda pontua que há escolas que precisam de melhorias, porém requer uma atenção especial ao caso, umas vez que a escola tem um problema sério a bastante tempo, e que tem prejudicado o aproveitamento escolar dos alunos e colocando em risco, inclusive, a integridade físicas de estudantes e funcionários.

“infelizmente, o que era exceção, virou regra: Por causa da inércia do poder público, temos que recorrer ao Judiciário para solicitar melhorias e garantir direitos. Esperamos agora que a Promotoria possa ser sensível ao caso e cobrar do Governo do Estado a realização dessa obra o quanto antes,” completou o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *