Vereador é impedido de fiscalizar Hospital de Camboriú

O Vereador John Lennon Teodoro-PSDB, diz que esteve no Pronto Socorro do Hospital de Camboriú, para fiscalizar o local na noite desse último domingo (29), mas teve sua entrada proibida.

“Fui verificar o atendimento prestado a nossa comunidade, verificar os materiais e medicamentos e também a quantidade de profissionais atuando no PS. Infelizmente, a Equipe de Governo determinou para que a Equipe do Hospital, NÃO PERMITISSE minha entrada.” Disse o vereador.

Segundo o vereador a orientação foi para ele fiscalizar em horário comercial.

“Não é preciso agendar fiscalização, se está tudo certo, não há o que temer.”

Nos últimos temos o Hospital Cirúrgico de Camboriú, vem sendo alvo de polêmicas e escândalos, como médico agredindo parente de pacientes, médico sendo acusado de não assinar atestado de óbito, mal atendimentos e já teve casos até de médico que abandonou pacientes na mesa de cirurgia.

O que aconteceu em cada caso? O vereador está certo, um governo que diz prezar pela transparência é complicado.

Sobre o episódio da proibição da FISCALIZAÇÃO, o vereador disse que estará fazendo um Boletim de Ocorrência sobre o impedimento de exercer minha função de Vereador e encaminhar ao Ministério Público.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *