Urgente: Operação tenta prender investigados do Iabas com a Prefeitura do Rio

URGENTE: A Polícia Civil do Rio de Janeiro e o Ministério Público fazem uma operação para prender cinco pessoas por supostos desvios de R$ 6,5 milhões em contratos da Organização Social Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde) com a Prefeitura do Rio. Entre os procurados estão Eduardo Cruz, ex-controlador do Iabas, e a mulher dele, Simone.

A sede da OS em São Paulo também é alvo de busca e apreensão. De acordo com a força-tarefa, a antiga gestão do Iabas recebeu, entre os anos de 2009 e início de 2019 — nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella –, R$ 4,3 bilhões em recursos públicos. Os investigadores apontam que foi arquitetado “um complexo esquema criminoso” para a dissimulação do desvio de parte destes recursos.

Entre as manobras estavam repasses fraudulentos para empresas intermediárias prestadoras de serviços. Em outro processo, o Iabas também está sendo investigado por supostas irregularidades na instalação e na gestão de hospitais de campanha do governo do RJ para o combate à Covid-19. 📸: Fábio Motta/Agência O Globo

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *