Skatista natural de Balneário Camboriú morre durante competição no Rio de Janeiro

Pastrana morreu na última curva de uma prova de downhill. 

O skatista catarinense Allysson Pastrana, de 18 anos, morreu na tarde deste domingo durante uma competição de downhill no Rio de Janeiro. Ele descia pela estrada da Vista Chinesa, na zona Sul da capital carioca, quando se acidentou na última curva. A competição foi cancelada.

De acordo com informações do portal Globo Esporte, Allysson morreu quando uma moto da organização do evento bateu contra ele. Ele disputava a segunda bateria das quartas de final, e descia a quase 90km/h enquanto a moto subia com velocidade aproximada de 60km/h.

Nas redes sociais, centenas de pessoas lamentaram a morte do jovem. A última foto publicada no perfil do Instagram de Allyson foi postada no sábado e reunia mensagens de conforto para a família.

Quem era Allysson Pastrana

Nascido em Balneário Camboriú, o jovem morava em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, e havia ingressado na lista de profissionais pela Confederação Brasileira de Skate em fevereiro deste ano. Para isso, Allyson precisou passar por uma avaliação que inclui análise de currículo, existência de patrocinador(es) disposto(s) a pagar(em) salário, despesas para competir no Circuito Brasileiro Profissional e um trabalho com condições dignas e adequadas.

Em dezembro de 2017, o atleta foi destaque ao ficar em segundo lugar na prova Arizona Challenge, realizada em Farroupilha (RS) e terminar em primeiro lugar no ranking Downhill Speed Amador 1. Ele era o atual campeão brasileiro amador de Downhill. No vídeo, Allyson aparece praticando o esporte no qual se tornou profissional:

Por Redação NSC

Allyson tinha 18 anos (Foto: Arquivo pessoal)

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *