Situação de creche assusta vereadores que pedem providências em Balneário Camboriú

Nessa segunda-feira (5) os vereadores Aldemar Bola Pereira-PSDB, Nilson Probst-MDB e Leonardo Piruka-PP estiveram fiscalizando a Creche e Pré-escola Anjo da Guarda, localizada na rua Dom Diniz, 350, Vila Real em Balneário Camboriú.

A situação encontrada na creche Anjo da Guarda é preocupante e ao mesmo tempo vergonhosa, crianças e profissionais podem estar em risco.

O vereador Ademar Bola Pereira-PSDB, disse que a situação é delicada. segundo ele desde o ano passado o governo alega que existe um licitação para uma reforma e até agora nada.

Outra situação é que os vereadores possuem um diagnóstico feito pela própria Secretaria de Educação desde do ano passado sobre essa situação calamitosa.

“As calhas entupiram com folhas da creche até a rua, também existem telhas quebras, como acontece uma de granizo e houve muita chuva tudo infiltrou e com a grande quantidade de água dos últimos dias a laje chupou a umidade e agira o peso da laje com a qualidade de chuva, pode estar acima do peso ideal e sim haver um risco de desabamento do teto e por consequência uma tragédia.” Alerta o vereador Ademar Bola Pereira-PSDB, que de imediato passou a situação para a Sub- secretária de Educação Mari Cardoso.

Bola pediu que a Secretária fizesse contato imediatamente com o pessoal da Defesa Cívil para deslocarem no local e avaliar se há riscos maiores eminentes.

Na oportunidades os vereadores solicitaram que fosse colocado grades nos banheiros, pois ladrões estão entrando pelo banheiro para participar furto na unidade.

Ainda não foi confirmado se a defesa Civil foi até o local.

A Assessoria de comunicação da prefeitura ainda não se manifestou sobre a situação da creche.

Veja os vídeos:

 

O certo é que a situação do local é vergonhosa e preocupante, pois pode acontecer uma tragédia iminente e o medo é que não a prefeitura não tome  uma atitude correta.

Com a palavra o governo Fabrício de Oliveira.

Os problemas foram causados pelas chuvas de granizo.

E devido ao feriado e sala fechada houve infiltração em uma das salas desta unidade, no qual, desde as primeiras horas da manhã de segunda-feira (5), já estavam sendo tomadas as providências.

Informo também que foram quase 1000 solicitações de todos os tipos de manutenção atendidas desde abril para as 45 unidades que a rede de educação entende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *