Servidores de Balneário Camboriú ameaçam entrar em greve

Servidores da prefeitura de Balneário Camboriú fazem nessa quinta-feira (14) assembleia que vai deliberar sobre a proposta de paralisação sem data para terminar ou não.

O presidente do sindicato dos servidores de Balneário Camboriú Valdir Lolli disse que a greve pode iniciar se a prefeitura não negociar com a categoria.

Os servidores querem aumento de 5% nos salários, vale alimentação de R$ 335,46 para R$ 500,00 reais e também estende esse benefício para todos os 5,5 mil servidores efetivos.

Hoje apenas 2,7 mil funcionários ganham até R$ 3,5 mil reais.

“O prefeito Fabrício Oliveira não está querendo negociar com o sindicato” disse Lolli.

A assembleia terá início às 19 horas no plenário da Câmara de Vereadores da cidade.

O que diz a prefeitura

A prefeitura alega que foi notificada pelo TCE, pois já atingiu o limite prudencial de gastos.

* GESTÃO: Será que não seria conveniente o prefeito Fabrício cortar gastos diminuído comissionado e puxa sacos e diminuir gastos com mordomias, diárias, viagens, etc ao invés de simplesmente alegar que não pode negociar e dar aumento a quem de direito?

Edenilson Pozzobon                             Jornalista MTB 006388/SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *