Quem são os dois brasileiros já identificados em vídeo de assédio a russa

Vídeo com torcedores do Brasil incentivando estrangeira a repetir ofensas obscenas gera polêmica nas redes sociais. 

Desde que o vídeo em que um grupo de homens vestidos com a camisa da Seleção assedia uma jovem foi compartilhado nas redes sociais, dois dos brasileiros envolvidos no episódio foram identificados: um policial militar de Lages, Santa Catarina, e um advogado, ex-secretário de Turismo de Ipojuca-PE.

Confira quem são eles e as repercussões:

Eduardo Nunes

O tenente Eduardo Nunes aparece atrás da estrangeira de camisa branca. 

A identidade do tenente da Polícia Militar de Lages, em Santa Catarina, foi confirmada pela comunicação da PM do Estado. Ele está de férias em solo russo e aparece nas imagens de camiseta branca, logo atrás da estrangeira.

Em nota, a Polícia Militar de Santa Catarina diz que, assim que o policial retornar ao batalhão, um processo administrativo será aberto para apurar sua atitude e definir quais medidas serão tomadas.

O comando da PM também classificou o episódio como lamentável e informou que não corrobora com esse tipo de atitude, que é incompatível com a profissão.

Diego Valença Jatobá

Diego Jatobá aparece à esquerda da estrangeira no vídeo. 

O advogado foi secretário de Turismo da cidade de Ipojuca, região metropolitana de Recife, em 2013. Na época, ele era filiado ao PSB, durante a gestão de Pedro Serafim (PDT). Nesse mesmo ano, Diego foi afastado do cargo após postar nas redes sociais uma foto segurando várias cédulas de 100 dólares.

Diante das cenas, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) declarou que abrirá um processo de investigação no tribunal de ética e disciplina da entidade contra o advogado. Se constatada a má conduta, o advogado deverá ser excluído do quadro da ordem.

Créditos: OHANA CONSTANTE                  Via GAUCHAZH CLICKRBS

Publicidade

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *