Profissionais do P.A da Barra acusados de negligência em atendimento terão contrato cancelado

A Secretaria de Saúde agiu com rigor e já solicitou o cancelamento do contrato dos profissionais junto a empresa terceirizada que presta serviço no P.A da Barra.

Caso de mau atendimento, nessa terça-feira (5) em Balneário Camboriú chamou a atenção na Saúde. Isabel Fleher, acusou publicamente um médico e uma equipe do P.A da Barra de negligência e quase levar a morte seu esposo.

Isabel fez um desabafo nas redes sociais onde disse não dá pra se calar, depois da situação que vivenciada pela família.

“Meu esposo ontem deu entrada no P.A da Barra de Balneário Camboriú foi levado às pressas sentido muita dor por toda barriga e vômito, passou pela triagem depois de meia hora mesmo com muita dor e calafrios de frio ao ponto de não conseguir ficar em pé mandaram aguardar a chamada do médico, ali ficamos todos no aguardo de 3hr para passar pelo médico quando médico olhou pra ele perguntou o seguinte? – Nossa vc bebi sempre assim? – Como assim Drº meu esposo faz mais de 17 anos que não coloca nenhuma bebida de álcool na boca.A chavam que ele estava de pori deixaram mais de 3hr esperando porque acharam que estava bêbado colocaram no soró depois 00:00 trocou o plantão veio outro médico pediu exames de sangue as 3hr da madrugada foi trocado de hospital pois estava com inflamação na apêndice hoje pela manhã fez uma cirurgia de 4hr de duração”

Isabel desabafou

– Pois então seu médico quase perdi meu esposo pelo seu julgamento de olhar e se ele fosse um alcoólatra não teria direito de consultar?

O caso é gravíssimo. Trata-se de uma vida preciosa. A Secretaria de Saúde tomou a atitude correta.

A Secretaria da Saúde emitiu nota:

Nota Secretaria de Saúde

A Secretaria de Saúde esclarece que solicitou à empresa terceirizada que presta serviços no Pronto Atendimento da Barra, o cancelamento imediato do contrato do profissional que realizou o atendimento do paciente Jerônimo da Silva Fleher, 41 anos, no dia 04 de março, após averiguar o relato do paciente e avaliação do prontuário e confirmação de inconsistência no atendimento.
Apesar dos lapsos ocorridos no PA da Barra, após sua transferência para o Hospital Ruth Cardoso, ele recebeu medicamento preparatório para cirurgia de retirada do apêndice, conforme protocolo de apêndicequitomia, que ocorreu às 12h43min do dia 05 de março.
Ao contrário do que circula nas redes sociais, não houve ruptura do apêndice, a cirurgia ocorreu com sucesso e o paciente está se recuperando bem, no Hospital Ruth Cardoso.

Andressa Haddad
Secretaria de Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *