Procon interdita comércio em Camboriú

O Procon de Camboriú intensifica as ações, com base nos decretos do Governo do Estado e Prefeitura de Camboriú. Fiscalizações mais rigorosas foram implementadas para coibir preços abusivos, ver prazos de validade, alvarás de funcionamento e, se o estabelecimento atende os critérios dos decretos para estar aberto. 

Nesta quarta-feira, dia 25, fiscais do procon estiveram pela terceira vez, em uma conveniência, no bairro Lídia Duarte, notificaram e realizaram a suspensão temporária das atividades, interditando o estabelecimento.

O comércio não apresentou alvará de funcionamento, da vigilância sanitária, nem da Polícia Civil.

“Nós já estivemos outras vezes no estabelecimento, orientamos e alertamos que não poderiam estar atendendo.  A Polícia Militar também esteve no local fez o alerta. Hoje, tivemos de notificar e interditar”, explica o coordenador da Casa da Cidadania e responsável pelo Procon, Sandro Amorim.

A conveniência tem um prazo de 5 dias para apresentar o alvará e retomar as atividades.

“A falta de alvará sanitário é muito grave. O local tem de ser inspecionado pela vigilância em saúde para ver se atende às condições de higiene exigidas para garantir a saúde dos funcionários e clientes. Como eles vendem bebida alcóolica precisam do alvará da Polícia Civil”, conclui Amorim.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *