Prefeito de Milão admite erro ao apoiar campanha ‘Milão não para’ imitada no Brasil

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu que errou ao ter divulgado o vídeo de uma campanha que dizia que a cidade “não para”, no fim de fevereiro.

Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro segue apoiando uma campanha apelidada de “O Brasil não pode parar”, que tem o mesmo conteúdo da italiana.

Veja também:

 “Minha palavra vale mais”, diz Bolsonaro ao se negar a mostrar exame para coronavírus 

Ninguém ainda havia entendido a virulência do vírus, e aquele era o espírito. Trabalho sete dias por semana para fazer minha parte, e aceito as críticas”, reforçou o prefeito.

Em 27 de fevereiro, a Itália contabilizava 650 casos do novo coronavírus. Agora são quase 60 mil. Na época, o primeiro-ministro Giuseppe Conte também chegou a dizer que a vida devia “continuar”.

*Com informações da Ansa e UOL

ANUNCIE NO ‘O JANELÃO’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *