Porto de Itajaí: Saiba tudo sobre a proposta de repactuação vinda de Brasília

Será que a gestão do único porto municipal do Brasil está ameaçada?. Confira os principais pontos do painel online do Foro Metropolitano de Itajaí realizado no dia 23. 

O Porto era um problema antigo para isso a sociedade deflagrou uma luta pela municipalização da gestão administrativa, que resultou na delegação do Porto de Itajaí ao município pelo período de 25 anos, renovável por mais 25. Esse prazo acaba em 2022. Por conta disto, Brasília deseja repactuar o que lá atrás foi feito.

Riscos: todos os que explanaram no Painel foram convergentes no sentido de que o modelo que vige hoje, deve continuar. Com uma autoridade portuária independente e municipal. O risco reside na forma como o Governo Federal vem tratando Santa Catarina. Com desdém. O principal ponto é “empacotar” o patrimônio de Itajaí e Santa Catarina e leiloá-lo junto a demais portos. Exemplo do que foi feito este ano com o Aeroporto de Navegantes – o Foro necessitou buscar a Justiça para tentar reverter o estrago feito por Brasília.

A previsão é de que em Agosto deste ano a novidade esteja lançada. Concluíram todos, no evento, que o empenho da sociedade em pressionar o Governo para não tomar o patrimônio de Itajaí é urgente.

Via Foto Metropolitano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *