PF decreta prisão domiciliar do Presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Júlio Garcia

O advogado Cesar Abreu confirmou a decretação da prisão domiciliar do deputado estadual Julio Garcia, presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Ele está entre os 20 decretos de prisão preventiva ou temporária emitidos pela Justiça Federal e cumpridos na manhã desta terça-feira (19) na operação Hemorragia, segunda fase da operação Alcatraz.

Abreu acompanha o parlamentar em uma das salas da Polícia Federal. Ele aguarda o conteúdo do indiciamento do deputado Julio Garcia e as razões do decreto de prisão domiciliar.

Segundo informou, não há qualquer documento informando as origens e o conteúdo das acusações. Por isso, nada a declarar.

Ainda de acordo com o advogado Cesar Abreu, o deputado deverá ser liberado para prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica.

ND+

CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS SOBRE SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *