Pedófilo que armazenava pornografia infantil é preso em Balneário Camboriú

A polícia Civil de Santa Catarina está nas ruas com a Operação Luz na Infância 6, que cumpre 16 mandados de busca e apreensão. Em Balneário Camboriú, um homem foi preso em flagrante por armazenar no computador inúmeros arquivos relacionados à pornografia infantil.

No momento da batida, no centro da cidade, o cara estava compartilhando um arquivo no computador. Ele foi preso e será levado pro cadeião da Canhaduba.

A polícia ainda cumpre dois mandados de busca e apreensão no município. Equipamentos de informática e mídias de armazenamento de dados foram apreendidos.

A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e envolve as polícias civis de 12 estados. Agentes de aplicação da lei da Colômbia, Estados Unidos, Paraguai e Panamá estão cumprindo, simultaneamente, mandados de busca e apreensão.

Na 6ª fase estão sendo cumpridos 112 mandados de busca e apreensão no Brasil, com arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas após a polícia coletar indícios em ambientes virtuais da prática do crime. No Brasil, a pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de um a quatro anos de prisão; de três a seis anos pelo compartilhamento e de quatro a oito anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

Via Diarinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *