Parque Fritz Plaumann volta a receber visitas na próxima quarta-feira

“A trilha recebeu uma nova estrutura, com acessibilidade, para que todos os visitantes possam contemplar a natureza de uma forma única, assim como as demais trilhas do parque, que proporcionam, cada uma com sua particularidade, um olhar diferenciado para o ambiente como um todo”, explicou a coordenadora da unidade, Vilmarice Soligo da Silva.

Vale lembrar que o atendimento segue todas as medidas de prevenção ao coronavírus. Portanto, é obrigatório o uso de máscara por todos os usuários. Para percorrer as trilhas, os visitantes precisam do acompanhamento e orientação de guias. Grupos maiores, como escolas, universidades e demais organizações, devem agendar previamente o passeio no parque.

Na Trilha das Marrequinhas, o público pode contemplar uma área primitiva do parque, com vista para o lago formado a partir da construção da Usina Hidrelétrica de Itá, além da mata de grande porte, com presença de muita fauna silvestre ao longo do caminho. Entre os animais já vistos no percurso, estão: tatus, piranhas, capivaras, surucuás, juruvas verde, jacu, pomba, macacos, veados, periquitos, maitacas verdes, inhambus, patos-do-mato, biguás, garças-vaqueiras e curicacas, entre outros.

A visitação na unidade ocorre de quarta-feira a domingo, das 9 horas às 17 horas; na segunda e terça-feira, somente mediante agendamento prévio. Os visitantes são recebidos pela equipe cogestora da unidade, a Associação Cultural Angelo Spricigo (ACAS), que conduz o público aos atrativos da unidade, sempre respeitando às medidas sanitárias.

Sobre o parque

O Parque Estadual Fritz Plaumann (PAEFP), situado em Concórdia, no oeste do estado de Santa Catarina, tem uma área de 798 hectares. Foi criado por meio do decreto estadual 797, de 24 de setembro de 2003, como medida de compensação ambiental pelos impactos gerados pelo aproveitamento hidrelétrico da Usina de Itá, localizada entre os municípios de Itá/SC e Aratiba/RS, na Bacia Hidrográfica do rio Uruguai.

O nome da Unidade de Conservação é uma homenagem ao entomólogo alemão Fritz Plaumann, pelos trabalhos ambientais entomológicos desenvolvidos na região, e com significativa contribuição para todo o Brasil. A floresta Estacional Decidual é uma das formações florestais mais ameaçadas do Bioma Mata Atlântica e a mais ameaçada no estado de Santa Catarina.

Nos remanescentes florestais do parque e de seu entorno, já foram registradas 232 espécies de aves, 25 espécies de mamíferos de grande e médio porte e 35 espécies de répteis e anfíbios, muitos deles ameaçados de extinção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *