Paisagens adornadas por penhascos, baixadas e leitos de rios que adentram os impressionantes Cânyons em SC 

– Uma sinalização turística mais moderna ajuda para que os nossos visitantes conheçam os nossos atrativos e permaneçam por mais tempo em Santa Catarina. É algo que vamos implementar em todo o Estado. O setor turístico já é muito pujante e queremos fortalecê-lo ainda mais – diz o governador Carlos Moisés.

O presidente interino da Santur, Renê Meneses, lembra que a atualização da sinalização turística era uma antiga reivindicação dos municípios para o desenvolvimento do setor.

– A infraestrutura é fundamental para o fortalecimento do turismo. A nova sinalização melhora o acesso aos municípios e chama a atenção dos visitantes para os atrativos. Importante mencionar que a parte técnica foi toda realizada pela equipe da Santur, a partir do diálogo com as Instâncias de Governança Regional [IGRs] e todo o trade turístico de Santa Catarina – comenta Renê.

Até setembro serão instaladas as novas estruturas e emplacamento também nas regiões turísticas Encantos do Sul, Caminho do Contestado, Vale das Águas e Caminho das Fronteiras. A segunda etapa do projeto, prevista para 2022, atenderá outras oito regiões, chegando às 13 regiões turísticas de Santa Catarina e um investimento total de até R$ 7,1 milhões, o maior projeto de sinalização turística já realizado pelo Governo do Estado.

– Essa sinalização é muito importante para a economia do turismo, porque garante a infraestrutura necessária para que o visitante consiga chegar de forma mais fácil até os nossos atrativos e equipamentos turísticos – enfatiza Thiago Vieira, secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade.

Geoparque da Unesco

A presidente da IGR Caminho dos Canyons, Helen Becker, acrescenta que além de melhorar a indicação de atrativos turísticos e orientar os visitantes, a nova sinalização contempla os requisitos da Unesco para a chancela do Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul como Geoparque Mundial, projeto em andamento desde 2019.

–  A sinalização, em três idiomas, identificando os municípios indutores do turismo na região, nos deixa com o sentimento de pertencimento no processo de regionalização e desenvolvimento do setor –  comemora Helen, que também é coordenadora de Turismo e Cultura na Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e membro do Conselho Estadual de Turismo.

O presidente do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul, Carlos Alberto Matos de Souza, reiterou que a nova sinalização vai ampliar significativamente a divulgação do Geoparque.

– Com certeza vai despertar o interesse de um número cada vez maior de pessoas engajadas na proposta e interessadas em conhecer os encantos do nosso território. Nosso agradecimento a todos os envolvidos nesta conquista, que contribuirá muito na caminhada rumo ao reconhecimento como Geoparque Mundial da Unesco – conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *