Mortes por coronavírus chegam a cinco em SC e no Brasil a 299

Brasil tem quase 300 mortos por coronavírus; número de casos está perto de 8 mil.

Já em Itajaí e Navegantes têm novos infectados.

Santa Catarina registrou hoje três novas mortes por Covid-19, chegando a cinco mortes no estado. Os casos de infecção por coronavírus somam 281 pacientes contaminados. Os dados foram divulgados pela secretaria estadual de Saúde no início da noite desta quinta-feira.

As três novas mortes confirmadas são de uma idosa de 87 anos que estava internada em um hospital particular de São José, um homem de 73 anos morador de Criciúma e uma mulher de 66 anos da cidade de Antônio Carlos, que estava internada no hospital Municipal de Biguaçu.

Segundo o boletim do estado, o morador de Criciúma teve a infecção por coronavírus confirmada após dois testes. O primeiro foi feito pelo Lacen, em coleta sete dias após o início dos sintomas, que deu negativo. O segundo, pelo laboratório Hermes Pardini, analisou a coleta de secreção feita 11 dias após o início dos sintomas e apresentou resultado positivo, usando o mesmo método.

Brasil

O governo informou que estudos recentes têm demonstrado que a sensibilidade do método pode variar, dependendo da amostra clínica utilizada e do tempo entre o início dos sintomas e a coleta do material.

Sobre os novos infectados, o estado apontou um aumento de 13,8% em relação ao dia anterior. Três novas cidades entraram na lista de contaminação: Biguaçu, Joaçaba e Paulo Lopes. Na região da Amfri, houve um novo caso em Itajaí, que soma 19 pacientes infectados, e outro em Navegantes, com quatro registros da doença. O quadro não mudou em Balneário Camboriú (10 casos), Camboriú (7), Porto Belo (4) e Itapema (2).

Dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde na tarde desta quinta-feira.

O Ministério da Saúde atualizou para 299 o número de mortes por coronavírus no país. Além dos óbitos, o país tem 7.910 pessoas contaminadas pelo vírus. O boletim anterior registrava 241 mortes e 6.836 casos de pessoas diagnosticadas com a Covid-19, um aumento de 24% e 15%, respectivamente. Os dados são atualizados diariamente na plataforma disponível no site da pasta federal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *