Mortes de colegas elevam medo e angústia de professores: em luto hoje teve homenagem em Navegantes

Professores de Navegantes fizeram um manifesto nesta manhã de segunda-feira (22) antes do início da aula.  Em menos de 5 dias na cidade foram três professoras que morreram por conta da Pandemia e da  Insistência das autoridades em manter as aulas presenciais. 
“JÁ MORRERAM TRÊS SERVIDORAS DA EDUCAÇÃO DE NAVEGANTES DE CORONAVIRUS”
Anna Lúcia Pereira, servidora da Educação de Navegantes, morreu vítima de Covid-19, neste último sábado.
Ela é a terceira vítima da educação em uma semana no município. Aparecida Sagas de Mello, 54 anos, faleceu também no sábado e Eliane Mafra, já tinha falecido vitimada do coronavírus.
 O ensino presencial virou alvo de debates constantes. Muitos profissionais da educação relatam o temor da covid-19 e, por isso, defendem a volta do ensino remoto. Porém, há segmentos que defendem a educação presencial com segurança ( o que não existe) e argumentam que a volta às salas de aula é fundamental para que os estudantes possam ter um melhor desempenho.
Enquanto nada for feito, mais profissionais que trabalham na educação irão continuar falecendo por conta da Pandemia. Até quando isso senhores prefeitos e o governador Carlos Moisés?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *