Modelo catarinense com Síndrome de Down faz sucesso na internet

Por Janaina Laurindo

Aceitação, dedicação e amor. Com essas três palavras, a catarinense Rubia Traebert, de Orleans, descreve a evolução da filha Georgia Furlan Traebert, de 15 anos, modelo e influenciadora digital. A adolescente, que tem Síndrome de Down, contabiliza mais de 70 mil seguidores no Instagram, número que cresceu bastante nos últimos dias, depois que sua história foi contada por jornais da Inglaterra.

Cadastrada em cinco agências de modelos do Rio de Janeiro e São Paulo, a jovem fez em 2018 sua primeira campanha com cachê para a marca de roupas Gang e estrelou também a campanha da designer de joias de alto padrão Andrea Conti. A carreira e as redes sociais são administradas pela mãe.

Nascida em Florianópolis, Georgia foi diagnosticada somente no nascimento com a síndrome.

Nas redes sociais. 

Hoje, a mãe de Georgia alimenta quase que diariamente o Instagram da modelo com fotos e frases motivacionais, que mostram que é possível ter uma vida normal, mesmo com a síndrome.

Ela leva tudo na brincadeira, para ela é tudo muito natural. Para conseguir poses naturais para fotos, a mãe confessa que as vezes precisa falar uma “palavrinha” mágica.

A jovem já fez curso de teatro e canto, mas revela que o que mais gosta de fazer é patinar.

Fonte: Revista Versar

Por Janaina Laurindo

Modelo catarinense com Síndrome de Down faz sucesso na internet

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *