Ministério Público repreende Prefeito de Itajaí no caso do remédio homeopático

MINISTÉRIO PÚBLICO🚨 ENTROU NO CASO DO REMÉDIO HOMEOPÁTICO🚨EM ITAJAÍ 🚨

Fonte: Jornalismo Band Fm – Wilson Lima.

A ação que seria promovida no próximo domingo 29/03 pelas equipes de saúde do município Itajaí, que iriam de casa em casa para a aplicação via oral de um medicamento homeopático divulgado em vídeo pelo Prefeito Volnei Morastoni, pode não acontecer, o Ministério Público de Itajaí recomendou a prefeitura Municipal de Itajai que se abstenha de realizar, no âmbito de serviço público municipal tal ação.

Ressalta o MP que o não atendimento a recomendação formal poderá caracterizar violação da Lei de Improbidade Administrativa, e ainda, que o não atendimento da recomendação hora expedida poderá ensejar ação civil pública além de outras medidas judiciais e extra judiciais.

🚨COMUNICADO OFICIAL PREFEITURA DE ITAJAÍ🚨

O Município de Itajaí informa que cancelou a distribuição do medicamento homeopático, formulado cientificamente à base de cânfora, que ocorreria neste domingo (29) pelas equipes de saúde da cidade. A medida atende a uma recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Esclarece ainda que este medicamento já é usado em outros países, com bons resultados, para prevenção e promoção de saúde e que não possui contraindicações. Seu principal objetivo é fortalecer o sistema imunológico das pessoas, estimulando as defesas do organismo, em situações como esta que estamos vivendo.

O Município de Itajaí espera, muito em breve, poder proporcionar o uso deste medicamento homeopático para a população, com toda segurança necessária. Também aguarda a elaboração de um protocolo estadual, que já está em andamento, para orientar o seu uso a todos que desejarem, podendo ser estendido a outras cidades do Estado.

Via Itajaí Extra notícias

‘JANELÃO –
WhatsApp ‘996216941’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *