Ministério Público Federal arquiva processo contra BC Port

Mais uma vitória da BC Port na Justiça.

Documentos apresentados pela BC Port eram verdadeiros e provam que reunião do Conselho da Cidade aconteceu em Balneário Camboriú, diferente do que alegava a prefeitura municipal de Balneário Camboriú.

O inquérito policial foi instaurado para apurar eventual uso de documento falso no dia 19 de janeiro 2017, perante a agência nacional de transportes aquaviários – ANTAQ, por parte do responsável da empresa BC port André Guimarães Rodrigues.

A investigação aconteceu após a Prefeitura de Balneário Camboriú, negar que havia acontecido um reunião do Conselho da Cidade no 25 de fevereiro de 2016, relativa a consulta ao Poder Público sobre contrução do BC Port, porém os documentos apresentados a Polícia Federal comprovam que a consulta ao Poder público Municipal aconteceu conforme provas apresentada por André Guimarães, comprovando que provavelmente sumiram com ata de reunião do conselho da cidade.

A Prefeitura de Balneário Camboriú através do prefeito Fabrício Oliveira tenta barrar a construção do porto de cruzeiros na cidade de Balneário Camboriú.

Em 20 de dezembro 2009 André Guimarães Rodrigues presidente do BC port, disse ao jornal O Janelão, que estava claro que a consulta ao poder público havia sido feita. Agora através da documentação apresentada e despacho da Justiça Federal comprova com o arquivamento que o André Guimarães Rodrigues estava certo.

Portanto a cidade de Balneário Camboriú e região logo terão o maior empreendimento já visto nessa cidade. O porto de navio de cruzeiro deve gerar mais de 6 mil empregos diretos e indiretos e ajudar muito nesse momento na economia local e regional, ainda mais por conta dessa pandemia que deixará estrago na economia.

O que não conseguimos entender é porque a insistente tentativa por parte do poder público municipal de Balneário Camboriú. tentar impedir tal empreendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *