Meninas fogem de casa e são resgatadas pela GM em Itajaí 

Ao saírem de casa, as menores deixaram um bilhete de despedida. A foto do bilhete.

A Guarda Municipal de Itajaí, por meio da Guarda de Proteção à Criança, à Mulher, ao Adolescente e ao Idoso (Gpcami), resgatou, no domingo, 31, duas menores que haviam fugido de casa. Elas foram encontradas no Parque Ecológico Alessandro Weiss, no bairro São João.

Por volta das 9h30, foi repassado via Central de Operações Integradas (COI) que dois menores estariam abandonados no Parque Ecológico Alessandro Weiss. No local foram identificadas duas femininas, uma criança de 11 e uma adolescente de 15 anos. Inicialmente, elas alegaram que estavam esperando pelo pai, que as havia deixado no local e prometeu retornar para apanhá-las às 21h, após o serviço. Uma delas mencionou que apanhava do pai.

Os agentes se deslocaram até o local de trabalho do homem e, em consulta ao sistema informativo de segurança, constataram que já possuía histórico criminal.

Às agentes, o masculino desmentiu as meninas. Segundo ele, elas fugiram de casa, razão pela qual chegou a registrar um boletim de ocorrência por desaparecimento.

Em nova conversa com as agentes da Gpcami, as pequenas assumiram ter saído de casa, mas por serem vítimas constantes de violência doméstica tendo o pai, a mãe e os irmãos como autores.

Foi orientado que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) não permite que crianças e adolescentes sejam vítimas de castigos físicos.

Posteriormente, as duas menores foram entregues à família. No local foi dada nova orientação sobre as consequências legais de se agredir e descuidar de menores.

A família será monitorada, e os dados colhidos na ocorrência, encaminhados ao Conselho Tutelar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *