Menina de 8 anos é encontrada trancada sozinha em casa no Sul de SC

Menina ficava em casa sozinha e trancada das 7h às 18h, sem comida e banheiro; Polícia investiga o caso em Braço do Norte no Sul do Estado. 

Após ser encontrada em uma casa sozinha, sem comida e trancada uma menina de oito anos foi resgatada pela Polícia Militar (PM) em Braço do Norte.

O fato ocorreu nesta quinta-feira (19) e segundo relato da criança a mãe costumava a deixar em casa sozinha e trancada das 7h às 18h.

Como o banheiro era na rua, a menina tinha que fazer as necessidades em um balde. A única refeição do dia, dela, seria um pão no café da manhã. Possíveis agressões, também, foram relatadas pela criança.

Publicidade

Em depoimento na Polícia Civil, a mulher de 37 anos alegou que deixava a menina sozinha já que não tinha como pagar para alguém cuidar dela. Um inquérito civil foi instaurada e os fatos estão sendo apurados. Ela e a filha moravam sozinhas na casa.

“Agora sob minha presidência serão realizadas diligências pra esclarecer os fatos. A mãe estava trabalhando e relatou não ter condições de pagar uma pessoa pra cuidar da criança”, explica o delegado responsável pelo caso, Eder Matte.

O Conselho Tutelar de Braço do Norte foi acionado e acompanhou o caso. A menina foi deixa sob cuidados de uma familiar. A mãe da menina prestou depoimento e foi liberada por não haver indícios de crime em flagrante.

Criança ficava 11h sozinha e trancada
A PM estava em rondas pelo bairro Rio Bonito, em Braço do Norte, quando recebeu denúncias sobre o caso. Ao chegar na residência, os policiais chamaram a menina e conversaram com ela.

A casa ficava localizada nos fundos de um terreno e os policias pediram para entrar na residência. Momento em que foram informados que a porta estava trancada e ela não tinha as chaves.

Os PMs, então, arrombaram a porta e entraram na casa. Ao menos 11 horas por dia, a menina ficava trancada dentro de casa quando a mãe saia para trabalhar.

Durante a abordagem os policiais ficaram fazendo companhia para a criança. Momentos depois a mãe chegou ao local e os policiais conversaram com ela. O Conselho Tutelar foi acionado e acompanhou o caso. A mãe foi levada até a delegacia e a criança ficou aos cuidados do conselho.

publicidade

De acordo com a PM, a menina relatou que a mãe saia de casa as 7h e a deixava sozinha até as 18h, sempre trancada. A única refeição dela durante o dia era um pão no café da manhã. Sem banheiro dentro de casa, e com a porta trancada, a menina fazia as necessidades em um balde.

Vizinhos e a menina relataram aos policiais que a mãe deixava uma lista extensa de atividades para a menina fazer, como limpar a casa, lavar a louça, entre outros. Caso a menina deixasse de fazer algo da lista, a mãe acabava agredindo a menina quando chegava em casa.

REDAÇÃO ND, CRICIÚMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *