MDBista Elizeu Mattos é condenado a 24 anos de prisão

O juiz substituto Jean Everton da Costa, da 2ª Vara Criminal de Lages, condenou o ex-prefeito Elizeu Mattos, do MDB, a 24 anos, 4 meses e 13 dias de prisão, pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e fraude em licitação.

Elizeu Mattos foi preso e afastado do cargo em 5 de dezembro de 2014, acusado de recebimento de propinas na Operação Águas Limpas, executada pelo Gaeco. Outras nove pessoas foram indiciadas.

A ação criminal foi impetrada pela Procuradoria Geral de Justiça no Tribunal de Justiça do Estado, pois na época Elizeu Mattos gozava de foro privilegiado. A denúncia foi aceita em fevereiro de 2015. Com o término do mandato, o processo desceu para a primeira instância em Lages.

A condenação está dividida em 13 anos, 8 meses e 13 dias em regime fechado, em mais 10 anos, 8 meses em regime semiaberto.

Da decisão cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

Por Moacir Pereira
NSC Notícias

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *