Mãe é presa em flagrante acusada de torturar filha por não lavar a louça

Mulher de 27 anos foi detida após uma denúncia de tortura contra a filha de apenas dez anos em Chapecó.

A mãe de uma menina de apenas dez anos de idade foi presa em flagrante nesta terça-feira, dia 27, acusada de torturar a filha por não fazer tarefas domésticas em Chapecó. Uma denúncia chegou ao Conselho Tutelar do município, que foi até a escola onde a vítima estava e constatou que ela e a irmã tinham sinais de agressões.

O caso foi comunicado à Polícia Civil de Chapecó, que encaminhou as crianças para atendimento psicológico e exame pericial. A menina tinha sido agredida há poucas horas por não lavar a louça. As autoridades ainda verificaram que ela e a irmã eram obrigadas a realizar tarefas domésticas, e quando não faziam o serviço, eram penalizadas com agressões e até restrição de comida.

De 27 anos, a mulher foi presa em flagrante e levada para a Central de Plantão Policial, onde foi autuada pelo crime de tortura contra a filha. Também será instaurado um inquérito policial para apurar as agressões contra a outra filha. A mãe ainda será ouvida pelo Judiciário e Ministério Público em uma audiência de custódia para verificar se poderá aguardar o processo em liberdade.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *