Lideranças comunitárias aprovam construção da ETA Penha

Lideranças comunitárias aproveitaram para tirar dúvidas sobre o andamento das obras da Estação de Tratamento de Água (ETA Penha), em fase de construção no bairro Santa Lídia. Eles participaram da segunda edição online do Programa Afluentes – uma iniciativa da concessionária Águas de Penha para se aproximar dos líderes comunitários e representantes dos bairros, que ajuda a olhar e entender melhor a dinâmica da cidade, criando um relacionamento com a comunidade que vai além da prestação de serviço.

A obra recebeu na última sexta-feira, 18, o alvará que permite o início da construção. O Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina também já concedeu a licença ambiental à Águas de Penha para a construção da ETA Penha.

No encontro, Fernanda Barreto, gestora operacional da concessionária, fez uma apresentação do projeto da construção da obra e os benefícios que trará para a comunidade local. A concessionária vai investir R$ 9 milhões para construir a ETA, como alternativa para ampliar o fornecimento de água nos períodos de alto consumo. A estação vai promover um incremento de 70 litros por segundo de água tratada à cidade, amenizando o risco de desabastecimento no verão.

A decisão da concessionária em construir a Estação de Tratamento de Água de Penha foi elogiada por todas as lideranças comunitárias presentes no encontro. De acordo com Alexandre Santana, investidor na cidade, a obra trará importantes benefícios à comunidade. Angelo Piazera Junior, representante do Programa de Desenvolvimento Local (DEL), também destacou a importância da realização da obra.  “Desta forma, a companhia mantém o compromisso de promover iniciativas que visam impactar positivamente a vida dos moradores”, completa Fernanda Barreto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *