Lagoa de tratamento de água se rompe e alaga bairro de Florianópolis

Avenida das Rendeiras amanheceu tomada pela água nesta segunda (25). Estrutura não suportou volume de chuvas dos últimos dias.

A avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, amanheceu tomada pela água nesta segunda-feira (25). Segundo o diretor da Defesa Civil de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado, o problema foi provocado pelo rompimento de uma estrutura da Estação de Tratamento de Esgoto da Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento)
Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC)
De acordo com a Defesa Civil, um guincho foi deslocado até a Lagoa da Conceição para retirar carros que estão imersos na água. O alagamento se estendeu para uma das via laterais da avenida das Rendeiras, na servidão Manoel Luiz Duarte, onde bombeiros procuram por mais pessoas em situação de risco.
De acordo com o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina), que foi acionado às 6h05, existe a possibilidade de um vazamento de gás. Bombeiros estão fazendo buscas por vítimas. Pelo menos 20 pessoas permanecem ilhadas. O trânsito na avenida foi totalmente interrompido

Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC)
De acordo com o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina), que foi acionado às 6h05, existe a possibilidade de um vazamento de gás. Bombeiros estão fazendo buscas por vítimas. Pelo menos 20 pessoas permanecem ilhadas. O trânsito na avenida foi totalmente interrompido
De acordo com moradores, há vizinhos ilhados, em cima de telhados. A água invadiu as casas e vítimas precisaram ser resgatados de bote. 

Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC)
De acordo com moradores, há vizinhos ilhados, em cima de telhados. A água invadiu as casas e vítimas precisaram ser resgatados de bote. 
A situação acontece após um domingo (24) de fortes chuvas em Florianópolis, com volume que chegou a 130 mm. O prefeito Gean Loureiro, inclusive, decretou situação de emergência. egundo ele, a prefeitura está solicitando uma providencia da Casan desde às 7h da manhã desta segunda-feira O fornecimento de energia elétrica da região foi suspenso por precaução. O subcomandante da Guarda Municipal, Ricardo Pastrana, explica que um grande volume de água ainda está em deslocamento, bloqueando totalmente o trânsito

ANDERSON COELHO / ISHOOT / ESTADÃO CONTEÚDO – 25.01.2021
A situação acontece após um domingo (24) de fortes chuvas em Florianópolis, com volume que chegou a 130 mm. O prefeito Gean Loureiro, inclusive, decretou situação de emergência. egundo ele, a prefeitura está solicitando uma providencia da Casan desde às 7h da manhã desta segunda-feira O fornecimento de energia elétrica da região foi suspenso por precaução. O subcomandante da Guarda Municipal, Ricardo Pastrana, explica que um grande volume de água ainda está em deslocamento, bloqueando totalmente o trânsito.

Via  R7, com informações da Record TV e da Agência Estado.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *