Justiça gaúcha autoriza ex-assaltante de bancos Papagaio a cumprir pena em regime domiciliar alegando que ele é do grupo de risco

De acordo com o site gauchazh, segundo o Departamento Penitenciário paranaense, Papagaio segue no sistema prisional pois tem contra si mandado de prisão em outro processo. Ele é mantido na cidade de Piraquara, em regime fechado].

A Justiça de Bento Gonçalves acolheu pedido da defesa e autorizou o apenado Cláudio Adriano Ribeiro, conhecido como Papagaio, a cumprir pena em regime domiciliar a partir desta terça-feira, 31/03. O juiz Vancarlo André Anacleto considerou que Papagaio pertence ao grupo de risco da pandemia de COVID-19. O Ministério Público avalizou o embasamento da defesa, que apontou uma série de problemas respiratórios enfrentados pelo preso.

Desde a captura, em setembro 2018, Papagaio cumpre pena no Paraná. Lá, ele vai para o regime domiciliar, com tornozeleira eletrônica. A decisão é de Bento Gonçalves porque ele responde processo na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *