Jane vota contra cheque em branco de R$ 320 mil para Prefeitura bancar Gideões

A falta de estrutura em escolas, creches, setor da saúde além da dificuldade financeira da Prefeitura de Camboriú foram os argumentos da vereadora Jane Stefenn (REDE) para votar contra, em primeira votação, à autorização que a Câmara de Vereadores precisa dar para que o Executivo gaste R$ 320 mil para o evento dos Gideões Missionários em 2018. 

Jane fala em sua justificativa que é a favor dos gastos com banheiros químicos, segurança, limpeza, pagamento de horas extras para os funcionários da prefeitura para que a cidade possa oferecer infraestrutura para as pessoas que visitam Camboriú e circulam na região para participar do evento.

“Mas eu não vejo condições de passar um cheque em branco para a prefeitura oferecer para o evento o que não oferece nem em partes para quem vive aqui. Crianças suando e sofrendo nas creches enquanto a prefeitura aluga climatização para o ginásio. Que confiança tenho hoje de assinar esse cheque se até uniforme o prefeito não quer dar, alegando inconstitucionalidade do nosso projeto depois de ter sancionado?”,questiona a vereadora. 

Alicitação que está na página da prefeitura, apenas para os aparelhos climatizadores está orçada em R$ 68 mil. 

“Esse valor poderia comprar 68 aparelhos para colocarmos nas salas de aula”, disse.

Para Jane, a arrecadação com os alvarás que representa apenas cerca de meio por cento do total anual, não pode estar acima do bem-estar e dos direitos da população. Em 2017, a arrecadação total da Prefeitura de Camboriú foi de pouco mais de R$ 47 milhões. Segundo dados do Executivo, a arrecadação com os alvarás somaram cerca de R$ 500 mil, os gastos se aproximaram dos R$ 250mil “sobrando em lucro” para a Prefeitura, cerca de R$ 250 mil. “Se a arrecadação vale a pena, cadê os aparelhos de ar para as crianças, onde estão as obras porque não é com R$ 250 mil que vão fazer!”, finalizou.

O projeto ainda volta para a segunda votação em plenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *