Inicia instalação de galerias celulares na nova ponte do Rio das Ostras

A obra de limpeza, dragagem e readequação de calha do Rio das Ostras segue a todo vapor e a semana iniciou com a instalação das galerias celulares da nova ponte – entre as ruas Pedro Pinto Felipe e Sargento Mário Manoel Rodrigues, na Barra. Assim como as outras duas pontes já existentes no trajeto do rio, a nova estrutura vai auxiliar na vazão da água do rio e trazer mais segurança aos moradores da região Sul.

Devido a obra, o acesso da Rua Maurício Venâncio Cunha, equina com a Rua Júlio Graciliano está totalmente interditado para passagem de veículos. O local está sinalizado para orientar os motoristas. O prazo previsto para essa etapa são 20 dias.

Das três pontes contempladas no projeto, a reestruturação na ponte da Rua Adaci Santos Gomes já foi concluída e a terceira ponte será da Rua Maria Mansoto. Durante esta semana, os trabalhos também seguem no trecho 06 com a instalação de gabião – contenção nas margens (Rua Maria Mansoto/ Rua Adaci Santos Gomes); e trecho 07 também com instalação de gabião.

Sobre a obra

A obra contratada por meio da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) com objetivo de resolver os alagamentos decorrentes das chuvas nos bairros da Barra, São Judas e Nova Esperança, compreende a execução da limpeza das margens, dragagem e readequação de calha do Rio das Ostras, totalizando 2.820,00 metros divididos em 07 trechos. A contratação da empresa de engenharia especializada – Penascal Engenharia e Construção Eireli – foi por meio de licitação na modalidade Concorrência por menor preço global, no valor de R$ 4.212.360,84. O prazo inicial era de três meses, porém, o contrato foi aditivado com prazo final até a 1ª quinzena de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *