Idoso é preso suspeito de esganar e matar mulher em Itapema

Médica que atuava em Florianópolis já estava sem vida quando PM chegou em apartamento.

Um homem de 65 anos foi preso suspeito de matar a esposa de 60 anos em Itapema, no Litoral Norte catarinense, na tarde de sexta-feira (20). Segundo a Polícia Militar ela era médica e possivelmente foi esganada até a morte.

O caso ocorreu por volta das 17h30 no Centro de Itapema. O marido relatou à PM que a mulher teria dado um tapa nele durante uma discussão na sala da casa deles. Ele teria revidado apertando o pescoço da vítima com as mãos. Quando viu a mulher caída no chão, o idoso fugiu. Os vizinhos chamaram a polícia.

“A guarnição do PPT arrombou a porta e encontrou o corpo. O autor tinha ido embora. Fui na ocorrência e me deparei com ele voltando para o apartamento. Acredito que voltou para pegar a carteira que ficou na mesa. Fui eu quem deu voz de prisão a ele”, relembra o capitão Geraldo Rodrigues Alves Junior.

De acordo com a PM, o casal morava em Itapema, mas a vítima trabalhava como médica em Florianópolis. O G1 procurou o Instituto Geral de Perícias e aguardava informações sobre a identificação da vítima e a causa da morte até as 17h.

O homem foi levado para a delegacia. A Polícia Civil confirmou a prisão, mas não passou detalhes sobre o caso até as 16h30 deste sábado (21).

Veja outras notícias do estado no G1 SC

JANELÃO 
WhatsApp ‘996216941’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *