Hostilidade e agressões faz parte da política da nova deputada Campagnolo

A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão repudiou em nota oficial os ataques da deputada estadual Ana Caroline Campagnolo ao jornalista Altair Magagnin, do jornal Notícias do Dia. Altair em sua coluna denunciou que a parlamentar do PSL tinha usado diárias da Assembleia para lançamento de seu livro. Ela não gostou. Ao invés de se defender vociferou que

“ jornalistas são canalhas”e “têm problemas cognitivos”.

Foi além, agrediu verbalmente o profissional durante entrevista:

“Estou começando a desconfiar da sua capacidade mental” e “se você é um jornalista bunda mole, ou não”. E desdenhou:“Se quiser colocar a minha hostilidade contra o teu jornal ficaria muito satisfeita”.

Pois é, uma reação de uma representante do povo que chegou ao Parlamento levantando a bandeira de uma política nova e transparente. Parece que transparência irrita a deputada e seu comportamento demonstra despreparo e desequilíbrio emocional.

Foto (VEJA) Escrito por Paulo Alceu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *