Hospital referência de coronavírus do AM colapsou, famílias são orientadas a levar doentes para morrer em casa

Governo diz que só responderá sobre assunto em coletiva neste sábado (11).

Fabiano Maisonnave MANAUS

A UTI e a sala de emergência lotados, duas mortes e a família de uma idosa orientada a levá-la para morrer em casa. O relato, feito ao longo da madrugada desta sexta-feira (10), é de um dos trabalhadores de plantão no hospital Delphina Aziz, a unidade de referência para o novo coronavírus no Amazonas.

Segundo ele, é a primeira vez que o hospital na zona norte de Manaus, reservado apenas para casos de Covid-19, entra em colapso. Com a taxa de incidência de coronavírus mais alta do país (19,1 por 100 mil habitantes), o Amazonas é uma das cinco unidades da federação com indícios de transição para a fase de aceleração descontrolada de casos.

A descrição indica que o Delphina Aziz foi o primeiro hospital público de referência do país a colapsar em razão da epidemia. Há pacientes infectados por coronavírus em outras unidades hospitalares de Manaus, que também atendem a outras doenças.

Saiba mais: Fonte Folha de São Paulo. 👇

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/04/hospital-referencia-de-coronavirus-do-am-colapsou-diz-funcionario-de-plantao.shtml

Maria das Dores Maciel, 63, na frente da casa de palafita onde vive com sua família, em Manaus. Por causa da epidemia do coronavírus, a renda da casa depende agora de sua filha, professora, já que outros moradores estão sem trabalho . Folhapress/Bruno Kelly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *