Homem acusado de estupro de enteada é agredido e morto em Itajaí

TARADO QUE LEVOU UM PAU DE POPULARES POR TENTAR ESTUPRAR A ENTEADA, MORREU NO HOSPITAL

Morreu na madrugada desta terça-feira, no hospital Marieta Konder Bornhausen, o homem acusado de tentar estuprar a enteada de 14 anos. Moradores do bairro Santa Regina, em Itajaí, espancaram o cara assim que descobriram os abusos.

O caso aconteceu no dia 26 de julho e o homem seguia internado no hospital. Ele faleceu em decorrência do traumatismo craniano que sofreu. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda o reconhecimento da família.

A polícia Militar foi chamada na noite de 26 de julho para atender uma denúncia de tentativa de estupro no Santa Regina. A PM contou que o homem teria mostrado o órgão genital pra enteada. A menina conseguiu filmar e ligar pra madrasta, que chamou a polícia.

Ao chegar no loteamento, a PM encontrou o tarado bastante machucado e ele foi levado ao hospital. A madrasta e o pai da adolescente registraram o caso na delegacia, junto com o conselho Tutelar.

Segundo o conselho, o exame de corpo de Delito não confirmou a conjunção carnal. O relato da menor é que ela sofria com os atos libidinosos praticados pelo padrasto. Ela vem sendo acompanhada por psicólogos.
(Via O Diarinho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *