Fiscalização interrompe festa no mar com mais de 20 lanchas e show em deck flutuante na região

Uma festa clandestina com 23 embarcações no mar e show ao vivo em um deck flutuante foi interrompida em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, no sábado (17). Os participantes infringiram diversas regras do decreto vigente que busca frear o contágio da Covid-19, como proibição de aglomerações e eventos sociais.

A Polícia Militar e a Capitania dos Portos foram chamadas para verificar uma denúncia de perturbação do sossego e descumprimento de regras do decreto relacionado à pandemia. A festa clandestina ocorria na Praia dos Magalhães, no Bairro Costeira da Armação.

Quando chegaram ao local da festa clandestina no mar, os policiais encontraram 23 embarcações, incluindo o deck flutuante. Dessas, 15 eram lanchas que estavam encostadas umas nas outras, o que é proibido pelo decreto.

O decreto também limita a ocupação em 50% da capacidade de cada embarcação, o que não estava sendo cumprido por todos os veículos. Os proprietários e marinheiros foram advertidos e precisaram desamarrar os barcos uns dos outros.

Três proprietários de veículos foram autuados e um barco foi apreendido por causa de irregularidades relacionadas à segurança aquaviária.

O organizador do evento vai responder a um termo circunstanciado por perturbação do sossego e por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Por G1 SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *