Família gaúcha pede ajuda para translado do corpo de Ricardo que morreu em Balneário Camboriú

A família do gaúcho de 40 anos, encontrado morto na praia central de Balneário Camboriú, está desesperada e pede ajuda para translado do corpo para Dom Pedrito/RS, onde vive a família.
“Falaram para nós, que se não retiramos o corpo, que está no IML de Balneário Camboriú, vão cremar ou enterrar como indigente”. Disse o Irmão da vítima Nilton Cesar Vieira Rodrigues.
ENTENDA O CASO

Não está sendo nada fácil para a família de Ricardo Vieira Rodrigues de 40 anos, o gaúcho que foi encontrado morto afogado na praia central de Balneário Camboriú.

Após divulgação em nossa página do Portal O Janelão no Facebook, familiares que vivem na cidade de Dom Pedrito-RS, fizeram contato com nossa redação para buscar mais informações e pedir ajudar.

A família vive em Dom Pedrito, há cerca de 441 km da capital gaúcha e 951 km de Balneário Camboriú, mais de 11 horas de viagem de carro, não tem condições financeiras no momento para pagar o TRANSLADO DO CORPO do homem para a cidade gaúcha, que fica na divisa do Brasil com o Uruguai.

O rapaz foi reconhecido através das redes sociais, após uma reportagem nossa, dizendo que haviam encontrado o corpo de um homem afogado na praia central por volta das 3:30 horas da madrugada de domingo em BC.
As características divulgadas ajudaram a família no reconhecimento.

“Na hora não foi possível identificar a vítima, apenas as características, que era de um homem, com altura de 1,70 cm, 65 kg, cútis morena, com uma tatuagem de uma índia na lateral direita, sobre as costelas; e uma inscrição “Alice” no braço esquerdo”.
Nadir Alves Vieira, mãe de Ricardo (encontrado morto), está desolada e em prantos pela perda do filho e gostaria muito de poder enterrar o seu filho em sua cidade natal.

“Estão querendo cobrar R$ 7 mil pra trazer o corpo, só temos R$ 2 mil para dar de entrada.” Lamenta o irmão.
Para piorar o pessoal do IML teria dito que se não retirarem o corpo até o final do dia, desta segunda-feira, ele vão cremar ou enterrar como indigente.
Se vc pode ajudar a família, de alguma forma ajude! Estamos deixando o contato de Nilson, que é irmão de Ricardo. 📲 (53) 9 9937-0718
Rei das Máscaras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *