Explosões fazem mais de 200 mortos durante a Páscoa no Sri Lanka

158 mortos e cerca de 400 feridos é o balanco das explosões em três igrejas e igual número de hotéis de luxo, que ocorreram este domingo no Sri Lanka.

É expectável que o número de vítimas mortais venha a subir. Só numa das igrejas atingidas, a de St. Sebastian, em Katuwapitiya, mais de 50 pessoas foram mortos.

As explosões ocorreram “quase em simultâneo”, logo nas primeiras horas do dia, de acordo com fontes policiais citadas por agências internacionais.

A capital, Colombo, foi alvo de pelo menos quatro explosões, em três hotéis de luxo e numa igreja. Duas outras igrejas foram também alvo de explosões, uma em Negombo, a norte da capital e onde há uma forte presença católica, e outra ao leste do país em Batticaloa.

O ataque, que parece ter sido coordenado, ainda não foi reivindicado, mas um responsável de segurança do país referiu que se suspeita terem sido levados a cabo por bombistas suicidas.

Trata-se de um ataque de grande dimensão, como já não se via desde o final da guerra civil, que até há 10 anos opôs forças governamentais e separatistas tamiles.

O Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, apelou à calma depois das explosões sentidas em três hotéis de luxo e três igrejas, onde muitos fiéis celebravam o Domingo de Páscoa.

Por O País

Edenilson/OJanelão
Denúncias whatsapp (47)996216941

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *