Estiagem severa segue afetando abastecimento em Penha

  A Águas de Penha alerta que, devido a forte estiagem que afeta a região, o abastecimento está sendo realizado através de manobras operacionais em todos os bairros da cidade. De acordo com informações da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural e da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), a estiagem que atinge o Estado já é a mais severa desde 2005.

Marilene de Lima, meteorologista da Epagri, destaca que a situação é mais grave no Oeste catarinense, mas se estende por todas as regiões. Ela explica que a situação se agravou pela presença do fenômeno climático “La Niña”, que diminui a incidência de chuvas. Para que os mananciais se recuperem, seria necessário um período longo de chuvas intensas. As previsões para os próximos dias são apenas de chuvas pontuais, inclusive para o litoral Norte (região de Penha), que podem variar de 10 a 40 milímetros.

Como o solo está extremamente seco, conforme a meteorologista, a água não chega a recompor as condições dos mananciais. A estiagem tende a ser mais grave em novembro, mas os meses de dezembro e janeiro também serão de pouca chuva, com ocorrência de pancadas leves em períodos variados do dia. Marilene destaca que a população ainda não desenvolveu a consciência da reservação.  “A nossa cultura é de gastar água, não de guardar”, pontua.

A Águas de Penha pede a colaboração de todos e orienta para que a população utilize a água prioritariamente para o consumo humano, evitando desperdícios. A retomada do abastecimento é sempre gradativa. O tempo de normalização varia conforme a distância e altitude da região. A concessionária reforça a importância da reservação individual (caixas d’água) para amenizar os riscos de desabastecimento do imóvel. Em caso de dúvidas, o contato deve ser feito por meio das centrais de atendimento da Águas de Penha, pelo telefone 0800 595 4444 ou mensagens pelo WhatsApp no 99234 1414

Via Buriti Jornalistas associados

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *