Entenda como funciona um sistema de abastecimento de água

Aproximadamente 70% da superfície terrestre encontra-se coberta por água. No entanto, menos de 3% desse volume é de água doce e a maior parte está concentrada em geleiras. Assim, resta apenas uma pequena porcentagem de águas superficiais para nossas atividades cotidianas. Reginalva Mureb, presidente da Águas de Camboriú, lembra que a água que é encontrada na natureza não é própria para consumo. “Mesmo quando cai em forma de chuva, ainda contém impurezas. E quando toca o solo, absorve substâncias impuras alterando ainda mais sua qualidade”, explica.

 

Para ser considerada água própria para consumo é necessário que se atenda alguns requisitos de potabilidade. Se tiver alguma substância que altera seu padrão, é classificada como poluída. Os componentes que indicam poluição orgânica são: compostos nitrogenados, oxigênio consumido e cloretos.

 

Um sistema de abastecimento de água consiste no conjunto de obras, equipamentos e serviços com o objetivo de levar água potável para uso no consumo doméstico, indústria, serviço público, entre outros. Depois de tratada, a água segue para os reservatórios. Para chegar ao consumidor é necessária uma rede de distribuição eficiente. Por isso, a pressão deve ser ideal e satisfatória ao longo do trajeto. Nos pontos de menor pressão, é necessário instalar bombas (boosters) para levar a água.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *