Em dois meses começa a nova zona azul em Balneário Camboriú

Ontem foi assinado contrato com a empresa que vai fornecer o novo sistema.

Agentes de Trânsito é que vão ficalizar a zona azul. 

Exatos 60 dias. Esse é o prazo que a empresa Lapaza Empreendimentos, de Londrina, tem para botar em funcionamento as primeiras 1000 vagas do estacionamento rotativo de Balneário Camboriú.

A empresa assinou ontem o contrato com a prefeitura e já teve aprovado o projeto de instalação do sistema para essa primeira etapa, segundo informou Fernando Marchiori, gestor do fundo Municipal de Trânsito (Fumtran).
O projeto aprovado define onde serão colocados os parquímetros, as placas informando as áreas de zona azul e a pintura dos locais de estacionamento.
De acordo com Fernando Marchiori, pelo contrato teria outros 180 dias para instalar as demais 1800 vagas da segunda etapa do estacionamento rotativo. “Mas a empresa anunciou que pretende implantar todo o sistema até o verão”, afirmou.

Como vai funcionar
O estacionamento rotativo será implantado nas seguintes avenidas: Atlântica, Brasil, Central, do Estado Dalmo Vieira, Terceira e Quarta avenidas. Isso inclui as paralelas e transversais, de acordo com o edital da licitação.

O valor será de R$ 2 a hora e um carro poderá ficar na mesma vaga por duas horas. Além do parquímetro, haverá aplicativo pro usuário “comprar a vaga” pelo celular”, aplicativo pro ponto de venda e o aplicativo de fiscalização.
A empresa somente vai fornecer o sistema. A operação e a exploração do serviço será de responsabilidade da prefeitura.

O agente de trânsito fica responsável pela autuação do motorista infrator, ou seja, quem estacionou sem pagar ou ficou além do tempo pago. A fiscalização poderá ser feita via aplicativo. Nesse sistema, não vai rolar regularizações de multa. Quem passar do tempo ou estacionar sem pagar, não poderá mais pagar uma taxa para se livrar da multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *