Dois golpistas foram pegos tentando vender terreno particular mediante procuração falsa em Itapema

Dois homens, foram detidos pela Polícia Civil no fim da tarde dessa última terça-feira (29), em Itapema.

Os meliantes estavam vendendo na ‘caruda’ um terreno particular, sem autorização nenhuma, e o mesmo terreno era vendido para diversas pessoas.

Segundo informações do Setor de Investigações da Polícia Civil de Itapema, a dupla usava uma procuração falsa, onde uma senhora de 68 anos dava poderes para que um dos detidos pudesse vender um terreno de sua propriedade para outras pessoas.

A fraude foi constatada após os golpistas darem entrada na documentação, no Cartório de Itapema.
Os policiais agiram antes que os compradores realizassem a transferência bancária.

O Delegado Dr. Aden Claus, responsável pelo caso, interrogou os meliantes, já o corretor de imóveis que fez as tratativas foi ouvido como testemunha e ainda, foram apreendidos documentos comprobatórios.

Um Inquérito Policial foi instaurado para dar continuidade as investigações e apurar a responsabilidade dos envolvidos. A pena prevista para o crime de estelionato é de um a cinco anos de reclusão.

ANUNCIE NO ‘O JANELÃO’ O MAIOR PORTAL DE NOTÍCIAS DE CAMBORIÚ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *