Detenta morre um dia depois de ser presa em Itajaí

Detenta tinha 28 anos e foi presa no sábado (16) por oferecer droga sem objetivo de lucro. 

Uma mulher morreu no Presídio Feminino de Itajaí um dia depois de ser detida. Ela foi presa no sábado (17), e no domingo (18) passou mal e não resistiu.

De acordo com o Deap (Departamento de Administração Prisional), a mulher, de 28 anos, começou a passar mal no domingo. Ela chegou a receber os primeiros socorros dos agentes de plantão na unidade e de uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu.

PUBLICIDADE
Leia mais
  • Dois são presos em Itajaí suspeitos de integrar facção criminosa
  • Itajaí: Famílias de presos reivindicam que envios de mantimentos seja liberado

O laudo do IGP (Instituto Geral de Perícias) deve apontar a causa da morte. Em nota, o Deap informou que “todas as medidas legais e periciais foram tomadas e as circunstâncias e responsabilidades sobre o fato estão sendo apurados”.

A mulher era natural de Guariniaçu, no Paraná, e havia sido presa por infração no artigo 33 da Lei 11.3343/2006, por “oferecer droga, eventualmente e sem objetivo de lucro, a pessoa de seu relacionamento, para juntos a consumirem”.

O corpo dela será velado em Joinville, no Norte do Estado, e enterrado no Cemitério Nossa Senhora de Fátima, na quinta-feira (21).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *