Dado como morto, bebê volta a respirar após contato com a família

Caso aconteceu no Hospital Santa Clara, em Colorado. Médicos chegaram a constatar a morte da criança, depois de mais de duas horas tentando reanimá-la.

Bebê está internado em estado gravíssmo na UTI Neontal, em Maringá. (Foto: Ilustrativa/ Pixabay)

Um bebê, recém-nascido, voltou à vida após ser dado como morto durante a madrugada desta sexta-feira (1º), em Colorado (a 93 quilômetros de Maringá).

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Santa Clara, onde a criança nasceu, uma jovem, de 24 anos, deu entrada no pronto atendimento em trabalho de parto prematuro. Conforme o hospital, a gestação era de 28 semanas (aproximadamente seis meses e meio) e, avaliando os riscos, os médicos decidiram acionar também uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Depois de aproximadamente uma hora, o bebê nasceu, pesando pouco mais de um quilo.

“Ao nascer, o bebê apresentou respiração espontânea com choro fraco, momento em que apresentou acentuada queda nos sinais vitais”, afirma o hospital por meio de nota. Foi aí que as equipes médicas do hospital e do Samu começaram os procedimentos de reanimação do menino.

Depois de mais de duas horas de cuidados, novamente, a criança teve uma queda brusca dos sinais vitais e, desta vez, os médicos não tiveram sucesso em reanimá-la.

“O bebê já não mais apresentava respiração e nenhum batimento cardíaco.”

Diante da situação, os médicos constataram a morte da criança e comunicaram a família.

Continua depois da publicidade

Publicidade

No entanto, aproximadamente meia hora depois, enquanto os familiares se despediam do bebê, perceberam que o menino voltou a respirar. Uma médica recomeçou as manobras de reanimação até a chegada do serviço aeromédico do Samu para fazer a transferência do bebê.

A criança foi, então, levada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal da Santa Casa de Maringá.

Atualizada às 10h15 – Até a manhã deste sábado (2), o bebê permanecia internado na UTI neonatal da Santa Casa de Maringá, em estado gravíssimo, conforme o hospital.

Via Portal GMC Online.

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *