Covid-19: Região da Foz do Itajaí volta para nível gravíssimo; veja o que muda

Foz do Rio Itajaí, que contempla municípios como Itajaí, Navegantes, Balneário Camboriú, Camboriú e Itapema, entre outros passaram do nível “grave” para o “gravíssimo” na Matriz de Risco para Covid-19. A nova classificação foi divulgada pelo Governo de Santa Catarina no último sábado (13).

Com a piora do quadro, as cidades localizadas nesse necessitam adotar novas medidas de controle da pandemia a partir desta segunda-feira (15), entre elas proibir o funcionamento de casas noturnas e a realização de esportes coletivos recreativos.

Conforme regulamentação estadual, saiba como fica o funcionamento do comércio no risco gravíssimo:

* Educação: as atividades presenciais devem manter-se em até 50% das matrículas ativas por turno de atendimento, respeitando o distanciamento social de 1,5 metro nas salas de aula;
* Casas noturnas, boates, pubs, casas de shows e afins: proibido o funcionamento;
* Eventos sociais, como casamentos, aniversários e confraternizações: autorizados desde que respeitada a capacidade de ocupação de 30% do espaço;
* Eventos, como Congressos, Palestras, Seminários e afins: autorizados desde que respeitada a capacidade de 30% de ocupação do espaço e o distanciamento de 2 metros entre as pessoas;
* Bares, restaurantes, lanchonetes, cafeterias e padarias: autorizados mediante a manutenção de distanciamento mínimo de 1,5 metro de raio entre cada cliente;
* Shopping centers, centros comerciais, galerias e comércio de rua: autorizados com 50% de sua capacidade instalada;
* Academias de Ginástica, Musculação, Crossfit, Funcionais e afins: limitado o número de usuários a 30% da capacidade operativa do estabelecimento;
* Igrejas e Templos Religiosos ou afins: permitida a lotação máxima de 30% da capacidade;
* Praias, rios, lagos e lagoas: autorizado o acesso e permanência de pessoas, respeitando-se o distanciamento mínimo de 1,5 metro de raio entre grupos familiares;
* Transporte coletivo urbano municipal: permitido com 70% da capacidade do veículo;
* Bibliotecas: autorizada a capacidade de lotação de 50%;
* Cinemas e teatros: autorizado o funcionamento com a capacidade de 30% de ocupação do espaço;
* Jogos esportivos coletivos recreativos: proibidos, exceto os esportes recreativos individuais e aqueles que não acarretem contato físico;
* Museus: autorizado o funcionamento com o limite de 50% da capacidade de lotação;
* Parques aquáticos: número de visitantes no local deve ser de, no máximo, 50% de ocupação.
Crédito: OCP NEWS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *