Com Ambulâncias do SAMU em manutenção o negócio é improvisar

Quem precisa do serviço de atendimento móvel de Urgência (SAMU ) de Balneário Camboriú está passando por um perrengue. Isso porque o repórter Igor Silva monitorou o serviço de emergência por uma semana e constatou que as duas ambulâncias do SAMU que o município possui está estragada. Andressa Hadad Secretária de saúde da Dubai brasileira, explicou para a imprensa após a denúncia do repórter, que mesmo com os dois veículos em manutenção, o município não deixou de fazer os atendimentos.

Uma das ambulâncias é a que o município normalmente usa para os atendimentos diários e a outra é a “reserva”, como explica a secretária de Saúde Andressa Hadad. Mas as duas ambulâncias foram para oficinas.

Uma ambulância da própria da prefeitura está atendendo as demandas e a secretária garante que não houve prejuízo nos atendimentos.

A primeira ambulância que estragou teve um problema e as peças vão demorar pra chegar na oficina que faz a manutenção dos veículos, em Blumenau.

A segunda viatura teve uma pane elétrica. Hadad contou que os mecânicos ainda não haviam descoberto de fato o que acontecia com o veículo, mas a ambulância iria ser testado novamente na tarde desta quinta-feira pra ver se o problema foi resolvido.

 

“Essas duas ambulâncias foram dadas pelo ministério da Saúde, uma em 2012 e outra em 2014. Desde então, a secretaria não recebeu mais viaturas pelo orçamento da União. Há uma emenda pra que sejam compradas mais uma ambulância e duas motolâncias.” disse a Secretária

Agora, o órgão aguarda a liberação da grana pra poder fazer as compras.
Em 2018, o município realizou 3049 atendimentos pelo Samu. Até esta quinta-feira, 13 de junho de 2019, a contagem de atendimentos estava em 1362.

Por Igor Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *