Colaborador da Águas de Penha cria modelo inovador de Pontos de Controle de Qualidade

Dezessete novos Pontos de Controle de Qualidade (PCQs) de água instalados em locais estratégicos da rede de distribuição trazem um toque de inovação desenvolvido por um colaborador atento da Águas de Penha. O novo modelo de equipamento foi criado pelo agente de saneamento Anderson Moraes da Silva.

Fernanda Barreto, gestora operacional da concessionária, explica que o objetivo é fazer análises e medições constantes e garantir a qualidade do produto distribuído em todos os bairros da cidade.

Desenvolvido em tubos reaproveitáveis, o novo PCQ sustentável surgiu da ideia de criar algo prático, rápido e que atendesse as necessidades cotidianas da equipe da Águas de Penha. Anderson conta que, até chegar ao conceito final do equipamento, foram várias as tentativas de acerto. O modelo desenvolvido pelo colaborador também tem um custo menor do que os encontrados no mercado.

O controle de qualidade da água é realizado permanentemente em todo o sistema da cidade. Os novos PCQs foram instalados pelos próprios colaboradores da concessionária. Antes da implantação dos equipamentos, as coletas eram feitas nos cavaletes das residências dos clientes. Os pontos de controle também facilitam o acesso das equipes à coleta de água, sem a necessidade de entrar na propriedade dos usuários.

As amostras de água recolhidas nos PCQs são encaminhadas para um laboratório credenciado, onde são realizadas análises em relação aos parâmetros físico-químicos e bacteriológicos. Nesta fase, são verificados fatores como turbidez, cor, concentração de cloro, flúor e PH, conforme as recomendações da portaria do Ministério da Saúde referentes às condições de consumo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *