Celesc obtém lucro de R$ 199 milhões no trimestre, com alta de 38%

O Grupo Celesc, que reúne atividades de distribuição, geração, a SCGas e outros negócios, fechou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 199,3 milhões, 38,3% superior ao do mesmo período de 2020. A receita líquida de vendas alcançou R$ 2,5 bilhões, o que representa crescimento de 19,6% ante a igual período de 2020. No balanço divulgado na tarde desta sexta-feira, o grupo informou que o resultado positivo aconteceu, principalmente, em função do crescimento do consumo de energia em 0,9% no trimestre, que somou 6.866 GWh no trimestre.

De acordo com a companhia, o total de unidades consumidoras alcançou 3,16 milhões, com acréscimo de 2,78% frente ao mesmo trimestre de 2020. A maior expansão na base consumidora foi na classe residencial, influenciada pelas novas demandas da pandemia. O consumo residencial cresceu 3,2%; de consumidores livres, 9,2%; e de suprimentos, 2,8%. O consumo industrial recuou -9,2%; o comercial -10,1% e o rural -8,2%.

O cenário difícil também impôs aumento de despesas em 18,7%, com influência maior no custo da energia comprada, uma parte em dólar da Itaipu. Mas a empresa também conseguiu conter as despesas gerenciáveis, o chamado PMSO (pessoal, material, serviços de terceiros e outras despesas), que ficou em R$ 189,3 milhões, 10,9% inferior ao do mesmo período do ano passado. O Ebitda, que representa o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, chegou a R$ 358,1 milhões, 24,9% superior aos mesmos meses do ano anterior.

Por: NSC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *