Caso dos respiradores SC: Gaeco pede prisão de 6 pessoas incluindo um secretário de Estado

O Ministério Público de Santa Catarina pediu a prisão de seis pessoas, entre elas a prisão de um Secretário do Governo Carlos Moisés.

O motivo do pedido de prisão se deu devido o escandalosa compra de 200 respiradores que custaram mais de R$ 33 milhões aos cofres do estado, e que ainda não chegaram.

“O equipamentos são essenciais para salvar vidas, mas ainda não chegaram ao estado.”

Primeiramente a justiça teria negado o pedido do MP, mas parece que uma operação está acontecendo neste momento em vários locais do Estado.

A justiça também teria autorizado mandados de busca e apreensões. Para o MP é importante a prisões dessas pessoas para não atrapalharem as investigações.

Segundo fontes ligadas ao governo do estado, o ex-secretário Helton Zeferino teria feito uma declaração, uma espécie de delação premiada. O negócio vai ser aguardar dos movimentos das próximas horas para sabermos de fato o que está acontecendo.

Voltamos a dizer o maior vírus ainda não é o coronavirus, mas sim o da corrupção que também mata e tira milhares de vidas. Se essas pessoas realmente forem culpadas, devem ser presos e pagarem por seus crimes.

Imagem meramente ilustrativa.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *