Cambura joga bem e bate Operário fora de casa

O Camboriú FC foi a Itaiópolis enfrentar o Operário neste domingo, dia 22, em partida válida pela quarta rodada do returno do Campeonato Catarinense Série B 2018. Jogando no estádio 16 de Abril, a Cambura não fez sua melhor apresentação na temporada, mas teve uma atuação consistente e venceu por 1×0, com gol do Flávio Paulino. Foi a primeira vitória da Cambura fora de casa contra o Operário em cinco confrontos, desde 2004.

Com o resultado, o Tricolor chega aos 8 pontos e segue invicto no returno da Série B. A Cambura ocupa a terceira colocação, um ponto atrás do vice-líder Metropolitano, e dois atrás do líder, Marcílio Dias. Na próxima rodada, o Camboriú volta a jogar fora de casa. Na quarta-feira, dia 25, o Tricolor encara o Barro no estádio Camilo Mussi, em Itajaí, às 15h.

O jogo

O Camboriú começou a partida se impondo diante do adversário, mesmo jogando fora de casa. A primeira grande chance logo resultou em gol para o Tricolor. Aos 15 minutos, Paulinho cruzou e Flavio Paulino apareceu para completar e fazer 1×0. Foi o oitavo gol do camisa 10, artilheiro isolado da competição.

A partir daí, o Tricolor seguiu jogando melhor e criou boas chances de ampliar ainda no primeiro tempo, com Jean Carlos, Mota e Higor Martins. Aos 40 minutos, a Cambura chegou ao segundo gol com Neguette, mas a arbitragem anulou o lance alegando impedimento. Intervalo, Camboriú 1×0.

O segundo tempo não teve tantas chances claras quanto o primeiro. O Operário, precisando da vitória, lançou-se ao ataque e criou algumas chances, mas parou na zaga bem postada da Cambura e na atuação segura do goleiro Zé Carlos. Aos 28 minutos, a Cambura teve mais uma grande chance de ampliar. Mateus Arence serviu Jean Carlos que bateu com força, mas viu o goleiro adversário operar um milagre. Um minuto depois, o Operário teve Gustavo, que acabara de entrar, expulso por agredir Mateus Arence.

Mesmo com um jogador a menos, o Operário tentou criar chances de empate. No entanto, quem teve as melhores oportunidades foi a Cambura, com Mateus Arence nos últimos minutos. O placar, no entanto, não voltou a ser alterado. Fim de jogo: Operário 0, Camboriú 1.

Camboriú: Zé Carlos, Mota, Igor, Neguette, Higor Martins; Marlon (Paulo Vinicius), Ruan, Flavio Paulino (Mateus Arence); Paulinho, Tiago Pará (Leo Galopolis) e Jean Carlos. Téc.: Mauro Ovelha.

Fotos: Marlon/EC Operário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *